Vai para o site internacional
Está actualmente no site dedicado à Cleanwatts Portugal. Seleccione se pretende ir para o site internacional em inglês.
Como a Santa Casa da Misericordia de Miranda do Douro poupou €18.000 com uma Comunidade de Energia Renovável
01 Junho 20233 minutos de tempo de leitura

Situação

Desde finais do século XVI que a Santa Casa da Misericórdia está instalada no coração de Miranda do Douro, uma pequena vila na fronteira entre Portugal e Espanha. Esta instituição de solidariedade fornece serviços sociais vitais para a comunidade, incluindo uma casa de repouso para idosos, um jardim de infância, e serviços de apoio domiciliário.

A Santa Casa deve gerir, cuidadosamente, os seus gastos e despesas gerais para garantir que pode oferecer serviços da mais alta qualidade à comunidade que serve. Como Portugal tem muito sol durante todo o ano, a possibilidade de baixar os seus custos energéticos através da produção de energia solar era uma atração óbvia.

No entanto, o custo inicial da compra e instalação de ativos fotovoltaicos era um desafio. Para além disso, os fatores adicionais de burocracia, gestão de energia e processo de licenciamento não teriam sido viáveis para a Santa Casa avançar com o projeto.

“[Formar uma CER] é uma forma de reduzir custos e a pegada ecológica da nossa atividade (…). A Cleanwatts manteve uma colaboração muito próxima e cuidada com os nossos funcionários, e a sua proposta não exigiu qualquer investimento por parte da Santa Casa da Misericórdia, pelo que recomendaria vivamente a Cleanwatts. É uma vantagem não só para a instituição, mas para todos os membros da comunidade.”

Arménio Gomes
Vice-Presidente da Santa Casa da Misericórdia de Miranda do Douro

Solução

Miranda_do_Douro_Renewable_Energy_Community_4

Após assinar o contrato com a Cleanwatts, a Santa Casa teve 239 painéis fotovoltaicos instalados nos seus edifícios, fornecendo uma potência de 73,3kWp. Isto permite que a instituição alimente as suas próprias instalações com energia produzida pela sua central solar, ao mesmo tempo que cria a oportunidade de fornecer energia aos membros da comunidade local a um preço significativamente reduzido. A Cleanwatts financiou, instalou, e geriu o projeto na totalidade, lançado em agosto de 2021.

Os painéis fotovoltaicos fornecem eletricidade para as necessidades de energia da instituição, incluindo ar-condicionado, computadores, e outros equipamentos, todos geridos através do Cleanwatts™ OS. Este sistema operativo combina os benefícios dos processos de eficiência energética, com a gestão de ativos de energia distribuída, para maximizar o valor da energia produzida e consumida na comunidade.

O sistema operativo é suportado por uma solução Virtual Power Plant (VPP) que permite a agregação de uma ampla gama de cargas de energia para permitir serviços de balanceamento de rede e flexibilidade através da integração de redes de distribuição. Esta solução simples e flexível processa e otimiza todas as necessidades energéticas em tempo real, tanto nos pontos de consumo, como na própria rede de distribuição.

O que é uma Comunidade de Energia Renovável (CER)?
Uma comunidade de energia renovável reúne residentes e organizações locais para produzir, partilhar, e consumir energia limpa em comunidade. Todos os membros da comunidade de energia beneficiam de preços de eletricidade mais baixos, e de maior independência energética, ao mesmo tempo que protegem o meio ambiente.

Resultados

Desde a constituição da CER em agosto de 2021, a Santa Casa da Misericórdia já obteve importantes benefícios. Se a energia produzida pelos painéis fotovoltaicos durante o primeiro ano fosse comprada no mercado OMIE (valor à volta dos 0,35€/kWp), a instituição teria gastado 18000€ adicionais em custos energéticos.

Para além disso, a CER também beneficiou mais de 100 famílias locais que aderiram à comunidade e usufruíram do excesso de energia produzida. Os membros da comunidade podem comprar energia limpa, que é cerca de 30% mais barata face à tarifa estimada para a energia da rede. Por fim, a iniciativa conseguiu atingir 44% de neutralidade carbónica, evitando assim a emissão de aproximadamente 19 toneladas de CO2 num só ano.

Mantenha-se atualizado

Receba as últimas notícias sobre transição energética diretamente no seu e-mail.

Li e aceito a política de privacidade.

Obrigado pela sua inscrição
Foi adicionado com sucesso à nossa lista de email e iremos mantê-lo informado sobre as nossas novidades.